h1

Entrevista – Ricardo Soares

18 de fevereiro de 2010

Ricardo Soares Hightway

Como sua carreira começou?

Bom eu tive a sorte de nascer numa família bem musical então o meu contato com a música foi logo na infância, mas de maneira profissional comecei dando aulas de guitarra e violão. Lembro que a minha professora de inglês veio me perguntar se eu era músico e dava aulas, eu disse que só tocava em uma banda. Ela perguntou se eu não poderia dar aulas de violão pro filho dela, aí como precisava de uma grana topei. No mesmo dia fui à uma loja de instrumentos musicais e comprei alguns métodos pra usar nas aulas e de lá pra cá nunca mais parei! Hehe

Quais os equipamentos utilizados para fazer o som do seu álbum Highway?

Usei várias guitarras Tagima de acordo com o que a música pedia, como: JA1, E1 Custom, TG 635, TG 735 PLUS e na faixa “Great Is Thy Faithfulness” usei uma Les Paul Custom da Epiphone. Usei todos os meus pedais Nig como: Amp Simulator, Shred Pro, Dual Drive, Multi Fuzz e Vintage Distortion, Dual Chorus. Usei também um Boss Super Shifter, e um Morley Bad Horsie 2 Wha. Cordas Nig 009 para afinação padrão e 010 para as duas faixas cantadas do disco, onde uso afinação 1 tom abaixo. Em algumas faixas usei um DD3 da Boss, mas a maioria dos delays foram inseridos na mixagem. Amplificador usei um hand made George Tube de 40 Watts com falante de 12. O som desse ampli é animal. Usei 2 microfones, um Shure dinâmico na frente do falante e um Behringer B1 para captar a ambiência.

O que você diz sobre a produção do seu álbum Highway?

Bom a produção do disco ficou por minha conta mesmo. Procurei deixar o disco sem aquela cara de “disco instrumental para guitarristas”, desde os timbres até na escolha do repertório. As 2 músicas cantadas refletem isso. São poucos os guitarristas que lançam trabalhos solos com músicas cantadas. Acho legal isso porque o disco não fica cansativo de ouvir.

Você já participou de quais bandas?

Já participei de tantas bandas que até perdi a conta! Hehe Uma que eu destacaria seria a extinta Afterdeath. Foi umas das pioneiras do White metal no Brasil. Inclusive a música “Credo” de autoria da banda, foir regravada pela banda Trino, e é uma das preferidas do público até hoje.

Deixe uma palavra para o pessoal que está lendo sua entrevista:

Em primeiro lugar gostaria de agradecer pela entrevista e dizer que através do meu site: www.ricardosoares.net é possível comprar o meu CD de qualquer parte do Brasil.

E se você tem um sonho, acredita e trabalha por ele, mais ou mais tarde as coisas acontecem!

Um abraço e um Bend!
——–
Para quem não conhece AFTERDEATH
AfterDeath Band

Para quem não conhece o trabalho do RICARDO SOARES
Ricardo Soares HightWay

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: